Velscope

  • 160808081215.jpg

Temos Velscope

 


  • Passo a passo com Velscope VX

    Isquemia

    Ao observar algo suspeito, os pontos mais escuros, através do VELscope aplique uma quantidade de pressão com a parte de trás de um explorador ou instrumento semelhante, em movimentos circulares para difundir o sangue na região.

    Se a fluorescência verde uniforme, retornar com esta pressão, a lesão pode ter uma origem inflamatória.

    Para algumas considerações importantes na interpretação dos efeitos da isquemia, consulte os materiais de treinamento VELscope Vx

  • Acompanhamento

    Se uma área suspeita não sendo possível a identificação como benigna, remova o provável agente causador (prótese apertada, placa de mordia, protetor de esporte), execute um exame de acompanhamento (geralmente após 2 semanas).

    Neste momento, avaliar se a área suspeita mudou, especialmente se o agente causador foi removido.

    Se a área suspeita não esclareceu após este o período , use o seu julgamento clínico. Prossiga com uma investigação mais aprofundada de acordo com o padrão regular de cuidados (por exemplo, referência a um especialista, etc.)

  • Biópsia

    Lembre-se: o padrão seguro para o diagnóstico das lesões (incluindo pré-câncer e câncer) nos tecidos moles da cavidade oral é a biópsia.

    Uma biópsia mostrando displasia que não é câncer não é uma "BIÓPSIA À TOA". Descobrir lesões, TODAS as lesões, no início do processo de desenvolvimento de doença permite a mais alta probabilidade de um tratamento minimamente invasivo e resultado favorável.


Passo a passo com Velscope VX

Isquemia

Ao observar algo suspeito, os pontos mais escuros, através do VELscope aplique uma quantidade de pressão com a parte de trás de um explorador ou instrumento semelhante, em movimentos circulares para difundir o sangue na região.

Se a fluorescência verde uniforme, retornar com esta pressão, a lesão pode ter uma origem inflamatória.

Para algumas considerações importantes na interpretação dos efeitos da isquemia, consulte os materiais de treinamento VELscope Vx

Acompanhamento

Se uma área suspeita não sendo possível a identificação como benigna, remova o provável agente causador (prótese apertada, placa de mordia, protetor de esporte), execute um exame de acompanhamento (geralmente após 2 semanas).

Neste momento, avaliar se a área suspeita mudou, especialmente se o agente causador foi removido.

Se a área suspeita não esclareceu após este o período , use o seu julgamento clínico. Prossiga com uma investigação mais aprofundada de acordo com o padrão regular de cuidados (por exemplo, referência a um especialista, etc.)

Biópsia

Lembre-se: o padrão seguro para o diagnóstico das lesões (incluindo pré-câncer e câncer) nos tecidos moles da cavidade oral é a biópsia.

Uma biópsia mostrando displasia que não é câncer não é uma "BIÓPSIA À TOA". Descobrir lesões, TODAS as lesões, no início do processo de desenvolvimento de doença permite a mais alta probabilidade de um tratamento minimamente invasivo e resultado favorável.